sexta-feira, 9 de julho de 2010

Sindicalista Argentino propõe Dia do "Filho da Puta"



Na Argentina vai pegar bem
"Na Argentina, sobretudo na década de 90, houve um montão de "filhos da puta": "(os ex-presidentes Carlos) Menem, (Eduardo) Duhalde e (Fernando) de la Rúa, o ex-ministro Domingo Cavallo. Poderia citar 150, 200 'filhos da puta'", sustentou em declarações à televisão.
"Escolhemos o 2 de agosto porque é o dia em que nasceu outro 'filho da puta' que precedeu Jorge Rafael Videla", destacou.
D'Elía, que preside um sindicato de desempregados, considerou que o ex-governante Néstor Kirchner (2003-2007) também é "um 'filho da puta'", embora "no bom sentido".
"Kirchner se caracterizou por abrir uma nova etapa, gerou 4 milhões de novos postos de trabalho", justificou.
"Por isso digo que é nosso 'filho da puta'". "Ele (Kirchner) colocou suas qualidades a serviço do povo", atenuou o polêmico dirigente, famoso por suas ácidas críticas a Israel e pela defesa da Venezuela e Irã. 
Ele não poderia ter esquecido de Don Diego Maradona.

Bruno chega algemado a Delegacia em BH


Por volta das 11h desta sexta-feira (9), o goleiro Bruno, seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, também conhecido como Bola, chegaram ao Departamento de Investigações de Minas Gerais, em Belo Horizonte.
Curiosos que esperavam pela chegada dos suspeitos do lado de fora do DI gritavam "assassino" e "covarde" enquanto Bruno, Macarrão e Bola entravam no prédio.
Os três deixaram a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG), na manhã desta sexta. Do Departamento de Investigações eles devem seguir ao Instituto de Criminalística para colher material genético. Segundo a polícia, os suspeitos não são obrigados a fazer o exame.
Bruno, Macarrão e Bola passaram a noite na penitenciária, para onde foram transferidos na madrugada desta sexta. Eles são suspeitos de envolvimento no sumiço de Eliza Samudio. A jovem está desaparecida desde o início de junho e já é considerada morta pela polícia. Eliza e Bruno tiveram um relacionamento no ano passado e ela tentava provar, na Justiça, a paternidade do filho de 4 meses, que seria do jogador.
De acordo com a Polícia Civil, a saliva dos suspeitos, se for colhida, será comparada aos vestígios de sangue encontrados no carro de Bruno. O veículo foi apreendido durante um blitz, em 8 de junho, por problemas com documentação.
A polícia ainda não sabe de quem é o sangue masculino encontrado no veículo, mas já confirmou anteriormente que o sangue feminino descoberto com substância reagente é de Eliza Samudio.
Depois de passar pelo exame, os três devem ser encaminhados novamente ao Departamento de Investigações, onde Bola deve prestar depoimento. Segundo o delegado Edson Moreira, um dos responsáveis pelas investigações em Minas Gerais, a prioridade é ouvir o suspeito de ter executado Eliza. Ainda segundo Moreira, a polícia tem 30 dias para ouvir o goleiro Bruno.

O Polvo já decidiu quem irá levar a copa de 2010



O polvo Paul, do aquário Sea Life, em Oberhausen, na Alemanha, fez a sua "previsão" para a final da Copa do Mundo. Com 100% de acertos, o polvo escolheu a caixinha com a bandeira da Espanha na hora de escolher qual isca iria devorar, se a que indicava a bandeira espanhola ou a que estava na caixinha de vidro com a bandeira da Holanda. A final da Copa será no domingo (11).
Até algumas semanas, Paul era um humilde polvo de dois anos, nascido na Inglaterra. Agora, virou uma celebridade mundial e provoca filas diárias no aquário de Oberhausen, na Alemanha.
Paul disse ainda que Alemanha vai ganhar do Uruguai e ficar com o terceiro lugar do Mundial. O molusco participou do "bolão" do aquário dando palpites em todos os jogos da Alemanha. Ele acertou que a seleção alemã ganharia de Austrália, Gana, Inglaterra e Argentina, e que perderia na primeira fase para a Sérvia e nas semifinais para a Espanha.
O palpite para a decisão da Copa é o primeiro que Paul faz neste Mundial em que não envolve a seleção alemã.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Cícero e Agra reúnem-se com Ministro dos Transportes



O Senador Cícero Lucena (PSDB) e o prefeito Luciano Agra protagonizaram um gesto de grandeza para a Paraíba.

Na tarde desta quinta-feira (07) O senador Cícero Lucena (PSDB) e o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, se reuniram, em Brasília, com o ministro dos Transportes, Paulo Passos, para solicitar a execução da emenda de bancada, de autoria do senador tucano, para o prosseguimento da duplicação da Avenida Cruz das Armas ao acesso com a BR 230.

A emenda no valor de R$ 9 milhões foi apresentada e aprovada por Cícero Lucena no orçamento em execução. “O ministro demonstrou sensibilidade e se comprometeu com a nossa reivindicação. Ele sabe que as duplicações ocasionam aumento no fluxo de veículos nos acessos aos grandes centros”, adiantou Lucena.

Ainda de acordo com o senador, durante a reunião o ministro entrou em contato com o diretor geral do DNIT, para solicitar empenho do órgão na execução do projeto que será apresentado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa.

-Essa é a demonstração maior de que o desenvolvimento da Capital deve está à cima dos embates políticos, sustentou Cícero Lucena.

Que bom seria se esse gesto fosse copiado pelos demais políticos paraibanos, talvez nosso estado estivesse diferente. Talvez isto só tenha ocorrido por que Cícero e Agra não estejam disputando cargos  nesta eleição. Mas o que fica é o exemplo que todos os políticos devem seguir. 

Diante de tanta grandeza só temos que parabenizar este gesto.

Jeová Campos anuncia candidatura para Câmara Federal



Depois de muita insistência de aliados Jeová confirma que será candidato a Federal

Deputado Jeová Campos (PT), acaba de anunciar em entrevista coletiva a imprensa que concorrerá a uma vaga para Câmara Federal. A decisão foi tomada depois de reunião com dirigentes do PT local e nacional.

Jeová afirma que sua candidatura vem para suprir uma necessidade de sua região o sertão, bem como, para fortalecer o partido dos trabalhadores e a coligação como um todo.





“A escolha de Jeová não tem nada haver com a candidatura de Luiz Couto. Ele é do PT e o partido está unido para eleger todos os candidatos possíveis. O nome de Jeová chega agora para somar e não para dividir”, disse Rodrigo Soares.

Porém, entre os candidatos ligados a Couto comenta-se que a candidatura de Jeová Campos tem sim a intenção de bater chapa com o parlamentar que não concorda com a aliança do PT com o PMDB.

Segundo Rodrigo Soares, a confirmação de seu nome para ser candidato a vice-governador abriu uma lacuna no partido que pretende eleger, pelo menos, três deputados federais. “O PT precisa de 350 mil votos para eleger o número de candidatos petistas que nós pretendemos para a Câmara Federal. Pensando nisso, nós decidimos, juntamente com a Executiva Nacional, que o melhor nome seria o de Jeová Campos”, afirmou o candidato.

Jeová Campos ressaltou que está esperançoso com a sua candidatura e confirmou que já pensava nessa possibilidade há alguns anos.  “A região de Cajazeiras precisa de alguém que os representa na Câmara Federal. Eu espero contar com todos para que essa região tenha essa representação, inclusive com Léo Abreu e José Aldemir, pois se temos um plano em comum que é ajudar a nossa região vamos nos ajudar”, declarou.


Na verdade não se sabe se Jeová quer ser deputado federal para fortalecer o partido, ou, para tentar prejudicar a candidatura de Luis Couto (PT), pois muito dificilmente o PT elegerá dois federais. Couto acabou se tornando uma pedra no sapato para os petistas paraibanos que apóiam o projeto de reeleição do governador Maranhão, talvez isso tenha encorajado Jeová a anunciar sua candidatura, com o apoio desse lado do PT e até mesmo inquilino do Palácio José Maranhão.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Guarabira terá quatro candidatos a Câmara Federal







A cidade de Guarabira localizada no brejo paraibano , conhecida também como a capital do brejo e de onde com muito orgulho sou filho, há mais de dezesseis anos não elege um deputado federal. Guarabira conta com cerca de 56 mil habitantes, mais de 37 mil vão estar apitos a votar nesta eleição, daí então o interesse de muitos políticos a serem candidatos por aquela cidade. Este ano a capital do brejo contará com quatro candidaturas a deputado federal, duas pela situação e duas pela oposição. Os candidatos serão os seguintes:
  • Roberto Paulino (PMDB)
  • Gilson Cândido (PTB)
  •  Beto Meireles (PDT)
  • Jáder Pimentel (PSB)


Contará também com duas candidaturas a assembléia legislativa, Raniery Paulino (PMDB) que concorre a reeleição e Léa Toscano (PSB), esta por sua vez, concorrerá pela primeira vez a um cargo legislativo, tendo sido por duas vezes prefeita da cidade e estará substituindo seu esposo Zenóbio Toscano que atualmente é Deputado estadual e não mais será candidato nestas eleições.

Mais uma vez Guarabira não se unirá em torno de um nome de um filho seu, bem provável também que, fique sem eleger nenhum, isto só mostra o tipo de política que é feita naquela cidade e de forma geral em nosso estado, uma política mesquinha, sem pensar no povo e sim nas benesses do poder. Cidades como Cajazeiras, Sousa e até a pequenina Santa Luzia dão um exemplo de cidadania, dos políticos e principalmente do seu povo que se unem em torno de um projeto para cidade e conseguem eleger seus filhos.

Guarabira terá  a chance novamente de ter um representante na Câmara Federal, só cabe agora a seu povo escolher bem quem melhor pode representá-lo, e votar.

TCE obriga Governo do Estado a contratar concursados do Sistema Penitenciário

O Tribunal de Contas do Estado considerou regular concurso público promovido pelo Governo do Estado e recomendou a convocação dos agentes penitenciários aprovados. Em decisão da 2ª Câmara Deliberativa, na tarde desta terça-feira, 6 , o TCE também mandou regularizar a situação funcional de todos os que fazem parte da administração do sistema penitenciário paraibano, num prazo de 90 dias.

Em seu voto, o relator do processo, conselheiro Fernando Rodrigues Catão, lembrou que “após o advento da Constituição Federal de 1998, toda e qualquer investidura em cargos públicos necessita da realização de concurso, ressalvadas as hipóteses de excepcional interesse e cargos comissionados (chefia, assessoramento e direção)”.

“É notória a irregularidade nas contratações de servidores, porém não é prática recente. A administração penitenciária do Estado da Paraíba vem assim funcionando com servidores sem vínculo efetivo com o Estado há décadas. No entanto, agora temos um concurso realizado que objetivou exatamente corrigir tal incongruência e que, conforme sobressai dos autos, ainda não atingiu seus objetivos”, acrescentou Catão.

O relator citou ainda que há, em tramitação judicial, um Recurso de Apelação contra decisão prolatada na 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital, de 30 de novembro de 2009, determinando ao Estado da Paraíba, através de sua Secretaria de Administração, “...o afastamento – leia-se exoneração – de todos os servidores pró-tempore e/ou em desvio de função em exercício na Secretaria de Administração Penitenciária no prazo de 120 dias, a partir do trânsito em julgado desta, ressalvando-se àqueles nomeados até 05 de outubro de 1988, bem como aqueles ocupantes de cargo comissionado (chefia, assessoramento e direção), os substituindo, incontinenti, mediante nomeação e posse dos candidatos aprovados no certame público então realizado e em plena vigência, devendo ser observado o número de vagas constantes no edital e ordem de classificação do certame...”.

Além do prazo ao Estado para regularização dos servidores não concursados, a 2ª Câmara decidiu conceder registro aos 643 aprovados e aguardar a decisão final sobre o processo judicial em tramitação. O Secretário de Administração e o Governo do Estado foram notificados sobre a decisão que será verificada durante a apreciação da Prestação de Contas Anual (PCA) do corrente exercício.

Por WSCOM

A voz do Polvo é a voz de Deus


Além da Holanda, o polvo Paul continua com 100% de aproveitamento na Copa. O simpático molusco vem acertando a previsão de todos os resultados envolvendo o time da Alemanha. Já vinha sendo um sucesso de audiência, mas foi durante a semifinal entre alemães e espanhóis que caiu nas graças dos brasileiros ligados nas redes sociais.
O polvo profeta escalou rapidamente os degraus dos Trending Topics do Twitter, até se tornar o assunto mais comentado. Não demorou para um engraçadinho criar um perfil falso no Twitter, o polvodacopa. Ainda no Twitter, o usuário Fábio Rex viu o polvo Paul no lugar de um xará famoso.
Até no Formspring ele apareceu - um usuário criou uma conta "fake" e, fazendo-se passar pelo polvo, passou a responder perguntas como "Vou pegar a Maria Clara da minha sala?" e "Vou ganhar no Torpedão campeão?" Nos dois casos, a resposta foi "não". A voz do polvo é a voz de Deus.
Já tem gente querendo exportar o polvo Paul para Paraíba, para que em fim possa definir seu futuro político nestas eleições.




PEC 300 é aprovada em primeiro turno na Câmara



Primeiro passo para uma melhor segurança


Quatro meses após analisar o texto-base, a Câmara acaba de aprovar a PEC 300 em primeiro turno. Foram 349 votos favoráveis, nenhum contra e nenhuma abstenção. Pela proposta, não haverá valor do salário na Constituição. Além disso, o piso salarial e o fundo que vai garantir o benefício serão definidos em lei complementar, a ser enviada ao Congresso em até 180 dias após a promulgação da emenda.
Originalmente, a proposta previa o piso salarial provisório a policiais e bombeiros militares, de R$ 3,5 mil para praças e R$ 7 mil para oficiais. O deputado Paes de Lira (PTC-SP) chegou a apresentar uma questão de ordem para que a proposta original fosse a voto. 

Líder do movimento pró-PEC 300, o deputado Capitão Assumção (PSB-ES) criticou o texto aprovado.

“Eles rasgaram o regimento interno porque o que nós teríamos de votar hoje eram os quatro destaques do PT. Quero participar dessa questão de ordem do deputado Paes de Lira. Votamos a PEC 300, mas votamos um texto que foi redesenhado pelo governo. Um texto que não conta valor na Constituição, um texto que não fala que o fundo vai ser bancado pelo governo federal, um texto que exclui os aposentados e os pensionistas”, destacou. 

O parlamentar capixaba chegou a recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de mandado de segurança, para que a PEC fosse votada no plenário da Câmara.

“Avanço foi porque nós conseguimos colocar o piso dos policiais e dos bombeiros na Constituição. Mas o que nós teríamos de estar votando aqui eram os quatro destaques do PT. Acredito que teremos de trabalhar cada vez mais para se organizar e tentar fazer com que o governo atenda nossas reivindicações. Elas vão continuar”, afirmou Assumção, lembrando que o piso dos professores e dos agentes comunitários de saúde, apesar de constar da Constituição, não foi definido. 

Outro notório defensor da PEC, deputado Major Fábio (DEM-PB), lamentou: “Construímos uma proposta que garantia um salário digno... Mas os policiais foram vencidos pelo cansaço”.

Contudo, houve quem comemorou a decisão do plenário. “O que é possível votar é este texto”, rebateu Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP).

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), cumprimentou as lideranças e os deputados diretamente envolvidos na PEC 300. “Quero cumprimentar aos deputados que chegaram ao termo final, revelando o que é democracia”, discursou. 

O líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), destacou que tentará fazer um acordo para que o segundo turno da PEC seja votado antes das eleições. Para ser encaminhada ao Senado, a proposta terá de passar por mais um turno de votação na Câmara.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

PP de Enivaldo rompe de vez com Ricardo Coutinho

Acabou a especulação agora é fato!


Durante toda manhã de hoje o que se ouvia eram rumores que o PP de Enivaldo Ribeiro romperia com o projeto de eleição do ex-prefeito da capital Ricardo Coutinho. Pois bem, agora pouco o ex-deputado federal e presidente da legenda anunciou que não faz mais parte do grupo da oposição e liberou seus filiados para votar em quem eles quiserem para governador. Mas na disputa proporcional já anunciou dobradinhas com partidos ligados diretamente ao governador José Maranhão (PMDB).


A legenda vai concorrer para a Câmara dos Deputados coligada com um chapão liderado pelo PMDB e vai disputar vaga na Assembleia Legislativa coligado com o PTB.


Enivaldo revelou ainda que tentou permanecer na coligação de Ricardo, mas não recebeu a atenção devida por parte dos caciques da oposição. “Como não resolveram nossa situação tivemos que tomar um posicionamento porque não podíamos ficar desmoralizados”, frisou.


O PP ficou insatisfeito porque teria sido acordado que a legenda herdaria alguns redutos de Rômulo Gouveia (PSDB). Mas, os tucanos decidiram lançar, mesmo com o acordo que foi firmado com os pepistas, o deputado estadual Romero Rodrigues (PSDB) como candidato a deputado federal e o vereador campinense Tovar Correia Lima (PSDB) como deputa estadual.


As candidaturas de Romero e Tovar prejudicariam diretamente a votação do deputado estadual Aguinaldo Ribeiro (PP) e a da vereadora Daniella Ribeiro (PP), que também pretendem disputar respectivamente uma vaga na Câmara Federal e uma na Assembleia Legislativa da Paraíba.


Depois de perder o vários partidos no período de pré-convenções, mas uma vez Ricardo Coutinho mostra sua total inabilidade em conversar com aliados e ainda mais mostra que não tem habilidade política para congregar e aglutinar legendas para si. Cássio por sua vez já havia anunciado que deixará Ricardo resolver estes entreveros por sua própria conta.

Carlos Dunga Rompe com Ricardo; PP de Enivaldo pode Fazer o Mesmo





Apesar de as convenções partidárias terem seu prazo encerrado na última quarta-feira, 30, os desdobramentos para composições de chapas ainda permanecem nesta segunda-feira, 5, quando encerra o prazo para registro de candidaturas.
O suplente de senador Carlos Dunga (PTB) informou nesta segunda-feira que não tem mais compromissocom o candidato do PSB, Ricardo Coutinho, mas, apesar de ter conversado com o governador José Maranhão (PMDB), não confirmou voto na candidatura à reeleição. “Desta vez, zerei meu voto para o governo”, disse.
No entanto, ele anunciou que apoiará as candidaturas de Cássio Cunha Lima (PSDB) e Vital Filho (PMDB) para o Senado. “Tenho compromisso com o relacionamento histórico que tenho com Cássio, e vou atender um pedido dos Braz do Rego para votar em Vital Filho”, disse.
Já os filiados do Partido Progressista (PP) estão reunidos para definir se romperão o apoio à coligação de oposição e passam a apoiar a candidatura à reeleição de José Maranhão (PMDB). O partido pleiteava espaço na majoritária, indicando a vereadora Daniella Ribeiro para a vice, ou o ex-senador Ney Suassuna para uma das duas vagas ao Senado.
Como nenhuma das vagas foi ocupada pelo PP, já há uma manobra para que o partido passe a apoiar Maranhão. Quem tenta evitá-la é o deputado estadual Ricardo Barbosa, que deixou a reunião após conversar com o deputado Aguinaldo Ribeiro, tentando uma conciliação entre o PP e a chapa de oposição.
Do outro lado, o presidente do PTB, deputado Armando Abílio, também conversa com os progressistas na tentativa de aproximar a coligação entre os dois partidos, firmada na proporcional, para apoiar a chapa de José Maranhão.
Por WSCOM

Suspense de Novela

O impasse sobre os registros de candidaturas será resolvido hoje




O dia 5 de julho, às 19h, é o prazo final para os partidos políticos e coligações apresentarem, nos tribunais regionais eleitorais de todo o país, o requerimento de registro de candidaturas. Isso inclui os candidatos a governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, além de deputados federal e estadual.

Mediante esse prazo definições, ou melhor indefinições terão que serem resolvidas, o que não são poucas. Começando pelo senador Efrain será ou não candidato? A oposição dará ou não legenda? Haverá ou não traição por parte de Cássio. Mas não para por ai meus amigos ainda tem o impasse de Campina, mais especificamente de Romero Rodrigues que quer ser candidato a deputado federal, entretanto Aguinaldo Ribeiro ameaça romper  com a oposição caso isto aconteça.

Em Guarabira vemos dois impasses, um por parte da oposição, Jader Pimentel é pré candidato a Dep. Federal, entretanto seu nome circula entre os fichas sujas enviados pelo TCE ao TRE. E por fim Roberto Paulino que no início não seria nada, depois passou a cogitar ser Vice de Zé, em seguida Senador e por fim, depois de ter sido preterido aos cargos cogitados anunciou que iria disputar a deputância Federal, mas fontes seguras admitem que ele continuará sendo apenas um “colaborador” da prefeitura de Guarabira.

Esperemos para ver logo mais até às 19:00h. A novela está só começando e o capitulo final veremos em outubro.

TSE divulga lista de proibições a partir deste sábado







A Lei das Eleições (9.504/97), em seu artigo 73, proíbe os agentes públicos de realizarem várias ações a partir deste sábado (3), quando faltarão três meses para as eleições gerais. De acordo com a lei, algumas condutas poderiam afetar a igualdade de oportunidades entre os candidatos, por isso, a partir desta data, não pode haver, por exemplo, transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios e os agentes estão proibidos de contratar shows artísticos com recursos públicos para inaugurações.



Já os candidatos a qualquer cargo não podem comparecer a inaugurações de obras públicas. Essa norma é uma novidade trazida pela Lei 12.034/09 (minirreforma eleitoral). A regra anterior proibia apenas a presença de candidatos aos cargos do Poder Executivo. Confira as proibições:
Recursos
A partir do dia 3, é proibido realizar transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios, sob pena de nulidade, ressalvados os recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou de serviço em andamento e com cronograma prefixado, e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública.
Servidores e concursos
A partir deste sábado até a posse dos eleitos, os agentes públicos não podem nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito.
No entanto, nesse período pode ser realizado concurso público e pode haver a nomeação dos aprovados em concursos  homologados até 3 de julho.
Também é permitida a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança e a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República. 
Pronunciamento e publicidade
Também a partir do dia 3, os agentes públicos cujos cargos estarão em disputa não podem fazer pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão. A única exceção para pronunciamento é no caso de, a critério da Justiça Eleitoral, tratar-se de matéria urgente, relevante e característica das funções de governo. 
Esses agentes também não podem autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos municipais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral. No entanto, pode ser realizada propaganda de produtos e serviços que tenham concorrência no mercado.
A pratica de alguma das condutas proibidas  pela lei sujeita o infrator a multa de cinco a cem mil ufirs.
Do TSE

    Maranhão foge de Debates



    Todos nós sabemos que em tese, o debate eleitoral é um dos instrumentos mais importantes que os políticos usam para que em contato com os eleitores possam mostrar suas propostas, bem como, debater com seus adversários assuntos de interesse comum a todos.

    O debate além de tudo nos mostra a nós eleitores a capacidade ou a despreparo, o comprometimento ou o descaso, a segurança ou fragilidade de cada candidato, serve para que os espectadores vejam, escutem e analisem o que cada um tem de melhor a oferecer, fazendo assim, com que os candidatos possam arregimentar mais e mais eleitores e acima de tudo correligionários que possam propagar suas idéias adiante.

    Não sei se a pedido dos marqueteiros, ou por medo do que possa dizer, o Governador José Maranhão já anuncia que não participará de alguns debates, pois alega que tem debate que é jogo de cartas marcadas.

    Ora meus amigos todos nós sabemos que isso não existe, isso só mostra o total despreparo deste Candidato, bem como total desprezo para com a opinião publica, mas isso não é novidade vindo de quem vem, pois Maranhão nunca se importou com o que pensa o povo da Paraíba, uma vez que, seu governo parece mais uma ditadura. Exemplo maior são os defensores públicos que há quase um ano estão em greve e se quer foram recebidos pelo o inquilino do Palácio.

    Então é hora de todos nós analisarmos bem o que vamos fazer nesta eleição, pois candidato que foge de debate não tem o que oferecer a nosso estado.